Os Milagres que a Borra de Café Traz Para a Saúde

Borra de café serve para esfoliar o rosto, curar de estrias, reduzir a celulite e fazer crescer cabelo mais rápido.

Ahh o café! Essa bebida produzida a partir dos grãos torrados do fruto do cafeeiro, planta originária das terras altas da Etiópia e difundida para o mundo através do Egito e da Europa, age como um estimulante natural e ainda traz outras vantagens a saúde, quando bebido. ler mais…

Os Benefícios do Iogurte Para Uma Vida Longa e Saudável

Há vários benefícios do consumo de iogurte para a saúde.

Segundo o explorador Dan Buettner, que escreve para a revista National Geographic e que visitou várias regiões do mundo em busca de respostas sobre longevidade, o fato de países como o japão ter grande população de idosos é possível por causa da alimentação dos japoneses. ler mais…

UV Patch, o adesivo que avisa sobre a sua exposição solar

Evite o envelhecimento precoce, rugas e doenças causados pelo excesso de luminosidade solar com o UV Patch. Tomar cuidado com o sol é muito importante para uma pele saudável, sendo esta uma prática milenar e que comprovadamente melhora a imunidade e ajuda a prevenir doenças, em grande parte devido à produção da vitamina D causada pela exposição ao sol.

Porém o excesso da radiação solar tem efeitos contrários e graves para a saúde, como o câncer e outras doenças. Segundo estudos, cerca de 98% dos brasileiros têm consciência de que o sol causa problemas de pele, mas só 32% se protege o ano inteiro.

Devemos nos lembrar que a exposição ao sol é cumulativa, ou seja, cada vez que você expõe a sua pele ao sol, os danos causados se acumularão durante toda a sua vida e até os danos causados na infância e adolescência (já que muitos dos danos causados pelo sol ocorrem nas primeiras décadas de vida) aparecerão na idade adulta, predispondo você a riscos de doenças como o câncer de pele.

Com o envelhecimento e a exposição solar excessiva, esses danos aparecem em áreas expostas cronicamente, percebidos através do surgimento de manchas escuras, pele mais espessa, os riscos de aparecimento de carcinomas e melanomas, danos ao DNA celular e as temidas rugas cada vez se tornando mais profundas.

Além disso, a exposição solar em excesso podem trazer várias consequências:

  • Queimaduras que podem ser muito dolorosas;
  • Envelhecimento precoce, também chamado de fotoenvelhecimento;
  • Problemas de visão causados pelo excesso de luminosidade pode levar a doenças como catarata, pterígio e até câncer de pele nas pálpebras;
  • Herpes, pois o vírus da herpes não tem cura e é reativado pela exposição excessiva ao sol, então se você teve algum caso de herpes, evite se expor excessivamente à luz solar.

Para evitar esses problemas, a saída é tomar cuidados e monitorar a exposição da sua pele ao sol. Uma nova arma contra o câncer de pele, insolação, herpes e outras doenças relacionadas ao excesso de sol é o UV Patch, uma integração entre um adesivo fotossensível e um dispositivo que mede a quantidade de radiação que atinge o seu corpo.

O UV Patch é um adesivo transparente ou colorido, maleável que adere em qualquer área do corpo, podendo ser usado em locais da pele de uma criança pequena onde ela não veja, como as costas, evitando que ela o tire.

Desenvolvido pela empresa La Roche-Posay e lançado na Consumer Eletronics Show, em Las Vegas (EUA), este adesivo tem como sua função o monitoramento da exposição aos raios ultravioleta.

O dispositivo UV Patch funciona através de corantes fotoativos que o produto contém e estes, mudam de cor conforme os diferentes níveis de exposição aos raios UV.

Todos os dados colhidos serão vistos no aplicativo “My UV Patch”, onde o usuário poderá ter acesso à todas as informações dos diferentes níveis de exposição aos raios UV durante o dia.

É possível ver os diferentes níveis de exposição aos raios UV com uma simples fotografia do adesivo UV Patch, onde o app irá analisar as nuances do corante.

Qual a melhor receita de pão light para sua dieta?

Escolha entre o pão light de Beterraba, de maracujá e o de espinafre. Quem disse que para fazer dieta tem que cortar totalmente os carboidratos? Veja neste artigo 3 dicas de receita de pão light para incluir na sua dieta, sem culpa.

1. Receita de pão light de beterraba

→ Ingredientes

  • 100 gramas de beterraba cozida
  • 30 gramas de fermento fresco
  • 3 colheres (sopa) de açúcar demerara
  • 100 gramas de grão de gergelim
  • ½ xícara (chá) de água
  • ½ xícara (chá) de leite
  • 1 colher (chá) de sal
  • 600 gramas de farinha de trigo integral ou farelo de trigo Integral
  • 1 ovo

→ Modo de preparo

  1. Bata a beterraba cozida, o leite, o fermento, o açúcar, a água e o sal. Adicione aos poucos a farinha de trigo integral e as 100 gramas de grão de gergelim.
  2. Unte uma forma com manteiga ou óleo e enfarinhe-a ou cubra-a com papel-manteiga.
  3. Deixe descansar até dobrar o volume.
  4. Depois da massa crescida, misture a 1 gema e pincele sobre a massa.
  5. Preaqueça o forno a 200 °C e asse o pão por 45 minutos.

2. Receita de pão light de maracujá

→ Ingredientes

  • 1 kg de farinha de trigo integral ou Farelo De Trigo Integral
  • 150g de margarina light
  • 100 gramas de sementes de linhaça
  • 1 ovos
  • 1 colher (chá) de sal
  • 2 xícaras (chá) de suco de maracujá
  • 30g de fermento de pão
  • 3 colheres (sopa) de açúcar demerara

→ Modo de preparo

  1. Dissolva o fermento no suco de maracujá.
  2. Junte o açúcar, o sal, o ovo e a farinha de trigo integral ou Farelo De Trigo Integral.
  3. Amasse por 5 minutos.
  4. Cubra a massa e deixe crescer por cerca de 25 minutos.
  5. Divida a massa em 3 partes e deixe na forma que você preferir
  6. Pincele com ovo e polvilhe açúcar demerara
  7. Asse em forno médio.

3. Receita de pão light de espinafre

→ Ingredientes

  • 1/2 maço de espinafre limpo
  • 150g de margarina light
  • 1 tablete de caldo de galinha ou tempero pronto
  • 30g de fermento de pão
  • 1 colher de açúcar demerara
  • 1 lata de creme de leite light fresco
  • 1 ovo
  • 3 xícaras de farinha de trigo integral ou farelo de trigo integral

→ Modo de preparo

  1. Cozinhe o espinafre em seu próprio suco com a panela tampada e em fogo baixo.
  2. Escorra a água do cozimento e pique em pedacinhos o espinafre.
  3. Aqueça a margarina light e refogue o espinafre picado junto com o caldo de galinha ou tempero pronto
  4. Retire do fogo e reserve
  5. Em outra vasilha, misture o fermento com o açúcar demerara até ficar líquido e junte com o creme de leite, o espinafre e o ovo
  6. Junte a farinha de trigo integral ou farelo de trigo Integral aos poucos, misturando bem, até obter uma massa mole
  7. Coloque em forma untada, cubra e deixe crescer por uns 15 minutos
  8. Asse em forno pré-aquecido por 30 a 45 minutos

Emagreça chupando picolé de frutas vermelhas

Emagrecimento saudável! Que tal emagrecer chupando picolé de frutas vermelhas? Verão, mar, água de coco, queijo na brasa e por que não, um picolé? Além dos frutos do mar e a água de coco, o picolé geladinho é uma peça que não pode faltar quando vamos a praia, seja ele de limão, uva, abacaxi, coco, kiwi ou amendoim, chupar um picolé diminui a fome e o calor.

O picolé, também conhecido como sorvete de palito, é vendido em qualquer lugar e faz grande sucesso no verão de qualquer praia brasileira, por ser saboroso, refrescante e uma excelente opção para o lanchinho da manhã ou da tarde que ajuda a manter o corpo hidratado nos dias de daquele calor insuportável.

Mas, você sabia que além de refrescante, os picolés também podem ser incorporados ao cardápio de quem quer emagrecer?!

Os picolés de fruta, por exemplo, são ótimas alternativas para substituir os sorvetes cremosos ou lanches mais calóricos, pois além de não terem mais do que 60 calorias, também são ótimas fontes de hidratação.

Ainda não se convenceu que é possível emagrecer chupando picolé? Então veja agora o por que você pode emagrecer chupando picolé.

Feito em casa com frutas e ingredientes com poucas calorias, o picolé caseiro é uma sobremesa que pode te ajudar a emagrecer e ainda ajuda a introduzir novidades na dieta, tirando ela da monotonia.

É necessário estar bem hidratado para perder peso e o picolé promove essa hidratação.

A dica para quem quer emagrecer chupando picolé é escolher os sabores de frutas cítricas, pois além de pouco calóricos, eles aumentam a sensação de frescor e ao usar frutas como o limão (que é o primeiro do ranking dos mais leves e refrescantes), o abacaxi, a tangerina e a acerola aumenta ainda mais a sensação de frescor e reduz a quantidade de calorias ingeridas.

Para quem não gosta de tomar leite, além de emagrecer chupando picolé, ainda é possível enriquecer a receita com iogurte e acrescentar várias vitaminas ao seu cardápio de forma diferente.

Picolé de frutas caseiro de frutas vermelhas

→ Ingredientes

  • Suco Pronto de morango com Soja
  • Iogurte de frutas vermelhas
  • Frutas Picadas (Sugestão: 50g de Goji Berry, 6 lichias, 6 morangos frescos, 8 acerolas, 1
  • pedaço de gengibre ralado)
  • Coco Ralado Grosso Sem Açúcar
  • Copinhos de Café ou Cachaça ou forma de picolé
  • Palitos de Sorvete

→ Modo De Fazer

  1. Higienize e corte as frutas em pequenos pedaços (escolha frutas macias como morango pois dão maior cremosidade ao picolé).
  2. Coloque as frutas nos copinhos e pressione com os dedos para compactar ou faça uma “geleia”.
  3. Adicione o suco até cobrir todas as frutas. Se desejar use suco natural ou faça uma vitamina de frutas e transforme em picolé. (Para sabor morango use morango)
  4. Coloque o palito e leve para o congelador.

Para fazer o de iogurte coloque a fruta ou coco ralado no copinho e adicione o iogurte, coloque o palito e leve para congelar.

Observações: Para retirar do copinho tire ele do congelador e esfregue ele com as mãos em alguns segundos ele vai estar solto. Se não tiver copinhos descartáveis, tente usar xícaras de café.

E então, convencido de que é possível emagrecer chupando picolé?

Conheça os vários benefícios do Picão-preto (carrapicho)

Entre os benefícios do Picão-preto estão o tratamento de problemas no fígado e sua atuação como relaxante muscular. A planta Desmodium adscendens é uma erva mais conhecida no Brasil como Picão-preto ou carrapicho, de crescimento perene, sendo suas folhas e caules as partes medicinais.

Acredita-se a utilização dos benefícios do Picão-preto já sejam usados por milhares de anos pelos povos nativos às áreas onde a planta cresce.

Os benefícios do Picão-preto são vários, incluindo o tratamento de hepatite, proteção do fígado com cirrose e também contra o excesso de álcool ingerido, tratamento de dores nos músculos, tratamento de tendões com problemas, tratamentos relacionados a coluna, tratamento de reumatismo, tratamento de asma, tratamento de sintomas de várias alergias e tratamento de eczema.

A boa quantidade de alcalóides da família dos indólicos são um dos benefícios do Picão-preto. Os alcalóides são aminas cíclicas que possuem anéis heterocíclicos contendo nitrogênio.

Nas plantas, eles têm a função de defesa contra insetos e animais predadores e nas medicações, eles são benéficos por atuarem como estimulantes do sistema nervosos central, porém, podem causar dependência física e psíquica.

Alguns exemplos de alcalóides da família dos indólicos são a Nicotina, a Cafeína e a Morfina. Outro benefícios do Picão-preto é que a planta contém 4 mg por 1 kg de alcalóides expressos em triptamina.

A triptamina é importante para o bom funcionamento neural, atuando como um alcalóide monoamínico bioativo que é encontrado em plantas, fungos, e animais.

Ele é quimicamente relacionado ao aminoácido triptofano e encontrada em quantidades de traços nos cérebros de mamíferos, sendo sua presença atribuída a um papel como um neuromodelador ou neurotransmissor.

Há vários benefícios do Picão-preto para o sistema respiratório, ajudando a limpar os seios nasais, a parar uma tosse persistente depois da gripe, ajuda a limpar as vias aéreas congestionadas rapidamente e até mesmo ajuda a aliviar o temido ronco.

Trata também pacientes com tosse crônica, asma, corrimento nasal e espasmos brônquicos.

Nos pulmões, um dos benefícios do Picão-preto está na inibição da contração gerada pela histamina sobre os músculos lisos, fator que leva a um efeito de relaxamento sobre os brônquios muito rápido e evita uma parada respiratória.

Estudos afirmam que o uso tradicional do carrapicho para asma, principalmente em ataques agudos, pode ter resultados positivos.

Para o tratamento de problemas no fígado também há benefícios do Picão-preto para o paciente.

O uso dessa planta provoca melhoras nos níveis de enzimas do fígado são observadas mesmo dentro de uma semana e a normalização gradual da elevação de enzimas do fígado podem, por isso, atuar também contra o vírus da hepatite A e hepatite crônica do tipo C, mesmo não havendo propriedades anti-virais diretas contra o vírus da hepatite.

O Picão-preto também pode atuar como relaxante muscular, atuando como relaxante muscular antiespasmódico e recomendado para dores nas costas.

Isso é tão especial devido a alta complexidade envolvida nos problemas nas costas estando essas dores entre as mais dolorosos, incapacitantes e com condições menos prováveis de responder favoravelmente a um tratamento médico padrão, incluindo drogas e cirurgias.

Cereja, o santo remédio para quem sofre de gota!

Descubra como usar a cereja no combate à gota! Se você nunca ouviu falar na doença chamada “gota”, é porque nunca assistiu o seriado “Todo Mundo Odeia O Chris”! Brincadeiras à parte, nesse seriado, o pai de Chris sofre de gota, uma doença cujo nome correto é artrite gotosa aguda e é um tipo de artrite que acontece quando o ácido úrico se acumula no sangue e acaba causando inflamação nas articulações.

A gota também é conhecida como doença dos reis.

Há dois tipos diferentes de gota, a primeira é a “Gota aguda”, uma doença que normalmente afeta uma articulação e dói bastante e a segunda, que é a “gota crônica”, que consiste em um tipo de gota onde há episódios repetidos de dor e inflamação das articulações e pode envolver mais de uma articulação ao mesmo tempo.

A causa exata da gota é desconhecida, mas sabe-se que a gota é provocada pela alta quantidade e níveis mais altos do que o é considerado normal de ácido úrico na corrente sanguínea da pessoa.

Isso decorre de situações onde o corpo da pessoa começa a produzir ácido úrico em excesso ou tem dificuldade de eliminar o ácido úrico produzido pelo corpo, culminando em grandes doses desse ácido no sangue.

Uma vez em excesso, esse ácido úrico se acumula no líquido ao redor das articulações (chamado de líquido sinovial), forma cristais de ácido úrico, inchaço e inflamação nas articulações.

Deve-se ficar atento também aos fatores de risco:

  • Observar o histórico familiar, uma vez que a doença pode ser genética;
  • A predominância da gota em homens e mulheres após a menopausa;
  • Na alta ingestão de álcool; No uso de determinados medicamentos diuréticos; Nas pessoas com hipertensão, diabetes, colesterol alto e também altos níveis de gordura corporal;
  • E também nas pessoas com arteriosclerose.

Deve-se atentar também aos sintomas de gota que são quase sempre agudos, repentinamente, principalmente à noite e sem nenhum aviso.

Entre eles estão principalmente a dor intensa nas articulações dos tornozelos, joelhos, mãos, pés e pulsos.

Essa dor é mais forte nas primeiras 12 a 24 horas, causando desconforto nas articulações, que pode durar alguns dias ou semanas, além de inflamação e vermelhidão na região das articulações afetadas, com a presença de suor.

Os medicamentos mais usados para o tratamento de gota são: Alopurinol, Androcortil, Beserol, Betametasona, Butazona Cálcica, Bi Profenid, Cataflam, Celestone, Cetoprofeno, Colchis, Dexalgen, Diclofenaco Colestiramina, Diclofenaco sódico, Feldene, Fenaflan D, Flancox, Flotac, Ibupril 300mg, Ibupril 600mg, Infralax, Mioflex A, Naproxeno, Nimesulida, Prednisona e o Profenid.

Se você procura um medicamento mais natural, saiba que comer cereja tem mostrado bons resultados e, por isso, pode ser usado a cereja no combate gota!

Essa é a descoberta mais recente de um pesquisador da Universidade de Boston, que estudou a relação da ingestão da fruta com o aparecimento da doença e o uso da cereja no combate gota.

Na pesquisa de 633 pacientes com gota, observou-se uma queda de 35% no risco de ter uma crise. A explicação do uso da cereja no combate gota está nas antocianinas, substâncias encontradas em abundância na fruta e que têm efeito anti-inflamatório comprovado.

➧ VAGAS LIMITADAS!

Q48 2.0

Aprenda 3 TREINOS Super Rápidos para Derreter Gordura em 4 Min!

Receba um Mini Curso Grátis com 3 Séries de Treino Super Intensas, Ideais para Queirmar Gordura Localizada. >>

Quase lá! Só falta acessar seu email e confirmar a inscrição. ;)