CAPA-5 hábitos que você deve ter para se prevenir da  tromboseEvitar o uso de anticoncepcional e tratamentos de reposição hormonal, são algumas das ações que você deve ter para se prevenir da trombose, mas há outras formas.

A doença conhecida popularmente como trombose, é na verdade uma derivação da doença chamada Tromboembolismo venoso. Essa doença causa interrompimento do fluxo sanguíneo, causado por coágulo e pode gerar a Trombose Venosa Profunda (TVP) e em casos mais graves, a embolia pulmonar.

No caso da Trombose Venosa Profunda (TVP), assunto do artigo de hoje, a doença é caracterizada pela formação de um coágulo de sangue que irá interromper o fluxo sanguíneo em uma ou mais veias da parte inferior do corpo, em especial nas pernas e coxas.

Esse interrompimento do fluxo sanguíneo em uma ou mais veias ocasiona os sintomas da trombose que são inchaço e dor na região.


Para as mulheres, o risco de desenvolver trombose é ainda maior do que para os homens e por isso é ainda mais importante se prevenir da trombose!

Isso é o que mostra uma pesquisa Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística), divulgada no ano de 2010, onde constatou-se que os fatores da gênero feminino nesse ranking está ligado a hábitos como ser fumante e em especial, o uso de contraceptivo orais e os procedimentos de cirurgia plástica.

MIOLO-5 hábitos que você deve ter para se prevenir da  trombose

Fatores de risco para o desenvolvimento da trombose

Se prevenir da trombose não é fácil, pois são diversas as causas da trombose e apenas algumas dessas possíveis causadoras da doença podem ser evitadas.

Por isso, deve-se evitar ao máximo sofrer com o excesso de peso corporal ou obesidade (quanto mais gordura no corpo, maiores as chances do desenvolvimento do coágulo), fazer uso constante de métodos contraceptivos orais (anticoncepcional) e evitar os tratamentos de reposição hormonal.

Já outros fatores de risco, são fatores biológicos (geralmente com carga genética), bem mais difíceis de serem controlados e de prevenir da trombose, como o fato de:

  • ter idade acima de 40 anos
  • fazer uso de medicamentos quimioterápicos
  • apresentar varizes nas pernas
  • está na gravidez ou no pós-parto
  • ter ou ter tido câncer
  • ter sofrido um acidente vascular cerebral (AVC)
  • sofrer traumas, especialmente nos membros inferiores e que se faça necessária a redução de mobilidade temporária
  • apresentar doenças crônicas, como insuficiência cardíaca ou doença pulmonar crônica

Hábitos para se prevenir da trombose

1 – Evitar comer alimentos muito gordurosos, pois assim você evita vários fatores de risco, como AVC e obesidade, com apenas uma dica.

2 – Ter o hábito de se manter em movimento, durante a gravidez e no pós parto.

3 –  Caso faça um procedimento cirúrgico, escolha uma clínica e um profissional que respeite as normas de limpeza.


4 – Evitar fazer uso constante de métodos contraceptivos orais (anticoncepcional)