Ficar se pesando a cada minuto, ficar pensando em dietas durante o dia todo, pode sim, ser um sinal de obsessão. A qual pode levar à Anorexia e Bulimina, dois estágios de um grande problema psicológico que afeta quase 20 % dos adolescentes, em sua maioria, as garotas e consequentemente as mulheres adultas.

Quando a obsessão começa

Existe um limite entre a determinação e a obsessão, e é preciso definir e estabelecer esse limite.
Normalmente as doenças psicológicas não são perceptíveis pelos próprios doentes, na maioria adolescentes entre 13 e 18 anos, ou pessoas emocionalmente fragilizadas, e por isso é preciso que os pais, amigos e familiares em geral fiquem atentos.

Os maiores sintomas seriam, a falta de “vontade” de comer, falta de apetite, mesmo sentindo fome ou mesmo depois de ficar muito tempo sem comer nada, o extremismo na diminuição das refeições e exageros em fazer exercícios, querer malhar mais do que o de costume por achar que a gordura consumida se acumula imediatamente.

Quando a pessoa começa a deixa de comer com a família e se sempre arruma desculpas para não comer com todos, ou ainda, come um pouco e vai em seguida para o banheiro (provavelmente para vomitar) e passa a ter como assunto principal e exclusivo a dieta, as calorias dos alimentos, componentes nutricionais dos alimentos, remédios e substâncias que possam acelerar o emagrecimento, minúcias e detalhes demais na alimentação, deixando outros interesses de lado, isso pode sim, ser um começo de obsessão.

Querer aprender a se alimentar bem e a ter uma vida saudável é ótimo e essencial. Mas tudo isso de forma exagerada, não é um bom sinal.

Anorexia e Bulimia

A anorexia é um distúrbio psicológico e alimentar, aonde a pessoa diminui radicalmente o que come e/ou apenas bebem água, exageram nos exercícios e ainda sim, se sentem gordas, mesmo já estando abaixo do peso saudável.
Já a bulimia, é outro descontrole psicológico, aonde a pessoa come e acha que exagerou e fica com aquele sentimento de culpa e passa a forçar vômito e usa laxantes e diuréticos.

A maioria das pessoas com anorexia sofrem de bulimia, mas nem sempre quem sofre de bulimia é anoréxico, muitas vezes, pessoas com o peso normal depois de comer um pouco a mais ou que “deslizam” na dieta, se tornam bulímicas, e nem sempre a perda de peso acontece. Uma pesquisa feita mundialmente, coloca a anorexia como a doença psicológica com maior incidência de mortes no mundo todo. A busca desesperada para ter o corpo da modelo que se vê nas revistas está causando mais vítimas a cada dia.

É preciso se conscientizar que os dois problemas geram consequências muitas vezes irreversíveis e pode sim levar a morte, como os casos das modelos, Ana Carolina Reston e Isabelle Caro, que em 2007 posou nua para uma campanha contra a anorexia, a foto abaixo não é uma montagem, é o resultado de uma obsessão em estar magra.

Imagem corporal X Peso Ideal

Eu sempre digo e acho que peso ideal é aquele em que nos sentimos bem, mas existem vários fatores que influenciam nesse “peso ideal”. Por exemplo, idade, altura, densidade óssea, tamanho dos órgãos internos, além dos fatores emocionais e situações adversas, como período de TPM, inchaço climático, prisão de ventre e outros. A maioria das mulheres depois que tem filhos, “encorpam”, assim como acontece na transição menina-moça-mulher.

Usar calculadoras como as que estão do lado direito de nossas páginas, pode dar um resultado mínimo e generalizado, mas cada corpo tem suas diferenças. O ideal é estar entre com o IMC entre 18,5 a 25, sendo que esse 18,5 é o mínimo do mínimo.

Querer eliminar os quilinhos extras é sadio e as vezes necessário, mas entrar em paranoia e ficar fissurados em emagrecer e ter aparência de modelos “magribelas”, não é nada saudável. As fotos de revistas nas quais, a maioria das adolescentes se espelham, muitas vezes são fotos alteradas por programas de edição de imagem e não mostram a realidade.

Qualquer pessoa pode sim ter um corpo esbelto, com uma alimentação saudável, balanceada e atividade física. Não adianta se entupir de remédios, afinal todos sabem os efeitos colaterais. Não adianta ficar sem comer, pois isso faz o metabolismo estacionar de vez. Não adianta querer malhar o dia inteiro, pois isso pode causar problemas musculares.
Ou seja, é preciso aprender a ter um estilo de vida saudável e ativo sempre, e não por alguns dias.

Assistam, vale a pena!!!!

As dietas podem até dar um certo impulso no começo, mas é preciso reconhecer os próprios limites, é preciso ser realista. Nosso corpo tem limites, então respeite-os. A saúde deve sempre vir em primeiro lugar. Mude saudavelmente seu estilo de vida e vai estar sempre bem.

Capa-livro-transparente

Receba grátis o ebook 5 Passos Para Emagrecer Agora!

E fique por dentro de todas as novidades do mundo da beleza e da boa forma.

Inscrição bem-sucedida!