CAPA-Banha animal é mais saudável nas frituras do que  óleo de girassol e de milho

Pesquisas indicam o aumento nos casos de infarto do miocárdio,  após substituição  da banha animal pelo uso dos óleos vegetais.

A banha animal já foi a única alternativa para fazer frituras e alguns alimentos, até o ano de 1911, quando foi introduzido no mercado norte americano o óleo vegetal, com a promessa de oferecer um produto mais saudável.

Esses óleos vegetais são realmente boas alternativas, mas em situações onde ocorre o seu aquecimento, como no uso deles para fritar alimentos, os óleos vegetais sofrem reações químicas que produzem produtos nocivos a saúde humana. Confira mais durante o artigo!

Um fato interessante e que comprova que o uso de óleos vegetais, como o óleo de girassol e o de milho, tiveram alterações na saúde humana é o aumento de casos de infarto que foram registrados depois da introdução desse alimento no mercado norte americano.


Segundo um estudo feito pelo, Dr. Paul White, da University of Cambridge,  constatou-se que no ano de ano de 1911 (quando foi introduzido no mercado norte americano o óleo vegetal) não havia nenhum registro de infarto do miocárdio nos Estados Unidos, já no ano de 1930 foram registrados 300 casos e 30 anos depois (1960) já se tinham registrados 30,000 casos de infarto do miocárdio.

MIOLO-Banha animal é mais saudável nas frituras do que  óleo de girassol e de milho

A banha animal é mais saudável nas frituras do que óleo de girassol e de milho, por um fator bioquímico. Durante a fritura ou cozimento em temperaturas próximas a 180°C, as estruturas das moléculas de gorduras insaturadas e óleos se alteram, causado por um processo chamado de oxidação, onde as moléculas das gorduras e óleos reagem com o oxigênio que se encontra no ar e forma estruturas químicas chamadas de aldeídos e peróxidos de lipídio.

O consumo de aldeídos está diretamente ligado ao aumento do risco de doenças do coração (como o infarto do miocárdio) e câncer, mesmo que consumidos em pequenas quantidades.

No uso da banha animal para fritura e cozimento, essa oxidação raramente acontece.

Pois, assim como a manteiga, o azeite e o óleo de canola, a banha animal é rica em ácidos graxos monoinsaturados e saturados, que por serem muito mais estáveis quando submetidos ao calor, produzirem uma quantidade de aldeídos muito menor em relação ao óleo de girassol e de milho e assim raramente passam pelo processo de oxidação.

Além da quase ausência de oxidação, o uso de banha animal para fritar ou cozinhar traz outros benefícios ligados as gorduras de origem animal, como o fato da banha animal ser uma fonte de gorduras monoinsaturadas, que são encontradas nos elementos da dieta mediterrânea, que tem se mostrado ser bastante efetiva na redução dos riscos de doenças do coração.

Outra vantagem é o menor tempo para cozimento do alimento, já que a banha animal atinge a temperatura certa para fritar alimentos muito mais rápido e, consequentemente, cozinha mais rápido.

Entre esses e outros fatores, a banha animal é melhor para frituras do que óleo de girassol e de milho.