Emagreça chupando picolé de frutas vermelhas

Emagrecimento saudável! Que tal emagrecer chupando picolé de frutas vermelhas? Verão, mar, água de coco, queijo na brasa e por que não, um picolé? Além dos frutos do mar e a água de coco, o picolé geladinho é uma peça que não pode faltar quando vamos a praia, seja ele de limão, uva, abacaxi, coco, kiwi ou amendoim, chupar um picolé diminui a fome e o calor.

O picolé, também conhecido como sorvete de palito, é vendido em qualquer lugar e faz grande sucesso no verão de qualquer praia brasileira, por ser saboroso, refrescante e uma excelente opção para o lanchinho da manhã ou da tarde que ajuda a manter o corpo hidratado nos dias de daquele calor insuportável.

Mas, você sabia que além de refrescante, os picolés também podem ser incorporados ao cardápio de quem quer emagrecer?!

Os picolés de fruta, por exemplo, são ótimas alternativas para substituir os sorvetes cremosos ou lanches mais calóricos, pois além de não terem mais do que 60 calorias, também são ótimas fontes de hidratação.

Ainda não se convenceu que é possível emagrecer chupando picolé? Então veja agora o por que você pode emagrecer chupando picolé.

Feito em casa com frutas e ingredientes com poucas calorias, o picolé caseiro é uma sobremesa que pode te ajudar a emagrecer e ainda ajuda a introduzir novidades na dieta, tirando ela da monotonia.

É necessário estar bem hidratado para perder peso e o picolé promove essa hidratação.

A dica para quem quer emagrecer chupando picolé é escolher os sabores de frutas cítricas, pois além de pouco calóricos, eles aumentam a sensação de frescor e ao usar frutas como o limão (que é o primeiro do ranking dos mais leves e refrescantes), o abacaxi, a tangerina e a acerola aumenta ainda mais a sensação de frescor e reduz a quantidade de calorias ingeridas.

Para quem não gosta de tomar leite, além de emagrecer chupando picolé, ainda é possível enriquecer a receita com iogurte e acrescentar várias vitaminas ao seu cardápio de forma diferente.

Picolé de frutas caseiro de frutas vermelhas

→ Ingredientes

  • Suco Pronto de morango com Soja
  • Iogurte de frutas vermelhas
  • Frutas Picadas (Sugestão: 50g de Goji Berry, 6 lichias, 6 morangos frescos, 8 acerolas, 1
  • pedaço de gengibre ralado)
  • Coco Ralado Grosso Sem Açúcar
  • Copinhos de Café ou Cachaça ou forma de picolé
  • Palitos de Sorvete

→ Modo De Fazer

  1. Higienize e corte as frutas em pequenos pedaços (escolha frutas macias como morango pois dão maior cremosidade ao picolé).
  2. Coloque as frutas nos copinhos e pressione com os dedos para compactar ou faça uma “geleia”.
  3. Adicione o suco até cobrir todas as frutas. Se desejar use suco natural ou faça uma vitamina de frutas e transforme em picolé. (Para sabor morango use morango)
  4. Coloque o palito e leve para o congelador.

Para fazer o de iogurte coloque a fruta ou coco ralado no copinho e adicione o iogurte, coloque o palito e leve para congelar.

Observações: Para retirar do copinho tire ele do congelador e esfregue ele com as mãos em alguns segundos ele vai estar solto. Se não tiver copinhos descartáveis, tente usar xícaras de café.

E então, convencido de que é possível emagrecer chupando picolé?

Qual a melhor fruta para a sua dieta?

Escolha a melhor fruta para a sua dieta com base na quantidade de Calorias (kcal), Proteínas (g), Carboidratos (g) e Fibra Alimentar (g). Quando falamos em dieta, logo lembramos do emagrecimento. Mas o termo “dieta” está relacionado a nossa alimentação de cada dia e não tanto a uma restrição alimentar como costuma-se pensar.

Há pessoas que precisam de uma dieta para melhorar o trânsito intestinal, especialmente as mulheres, por serem mais propensas a constipação pela ação de hormônios femininos, e para essas pessoas a dieta deve ser feita com alimentos que contenham muita fibra.

Já quando falamos em uma dieta hipercalórica, estamos nos referindo a uma dieta para quem deseja ganhar peso e para isso a dieta deve ser rica em, principalmente, carboidratos. Para uma pessoa que deseja ganhar massa muscular, a dieta deve ser rica em proteínas, e assim por diante.

Confira agora a quantidade dos principais pontos para escolha de uma dieta com frutas (quantidade de calorias, proteínas, entre outras), nas proporções de 100g de parte comestível da fruta e escolha a melhor fruta para a sua dieta!

Obs: Dados com base no IBGE (Tabelas de Composição Nutricional dos Alimentos Consumidos no Brasil)

1 – Escolha a melhor fruta para a sua dieta com base na quantidade de calorias (kcal)

  • Jambo apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de 27,00 kcal
  • Limão apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de 30,00 kcal
  • Melancia apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de 30,00 kcal
  • Carambola apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de 31,00 kcal
  • Acerola Orgânica apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de 32,00 kcal
  • Acerola apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de 32,00 kcal
  • Morango apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de 32,00 kcal
  • Melão apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de 36,00 kcal
  • Umbú apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de 37,00 kcal

2 – Escolha a melhor fruta para a sua dieta com base na quantidade de proteínas (g)

  • Jambo apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de proteínas equivalente a 0,90 g
  • Limão apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de proteínas equivalente a 0,70 g
  • Melancia apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de proteínas equivalente a 0,61 g
  • Carambola apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de proteínas equivalente a 1,04 g
  • Acerola Orgânica apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de proteínas equivalente a 0,40 g
  • Acerola apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de proteínas equivalente a 0,40 g
  • Morango apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de proteínas equivalente 0,67 g
  • Melão apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de proteínas equivalente a 0,54 g
  • Umbú apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de proteínas equivalente a 0,80 g

3 – Escolha a melhor fruta para a sua dieta com base na quantidade de Carboidratos (g)

  • Jambo apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de carboidratos equivalente a 6,50 g
  • Limão apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de carboidratos equivalente a 10,54 g
  • Melancia apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de carboidratos equivalente a 7,55 g
  • Carambola apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de carboidratos equivalente a 6,73 g
  • Acerola Orgânica apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de carboidratos equivalente 7,69 g
  • Acerola apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de carboidratos equivalente a 7,69 g
  • Morango apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de carboidratos equivalente a 7,68 g
  • Melão apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de carboidratos equivalente a 9,09 g
  • Umbú apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de carboidratos equivalente a 9,40 g

4 – Escolha a melhor fruta para a sua dieta com base na quantidade de Fibra Alimentar (g)

  • Jambo apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de Fibra Alimentar equivalente a 5,10 g
  • Limão apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de Fibra Alimentar equivalente a 2,80 g
  • Melancia apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de Fibra Alimentar equivalente a 0,40 g
  • Carambola apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de Fibra Alimentar equivalente a 2,80 g
  • Acerola Orgânica apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de Fibra equivalente a 1,10 g
  • Acerola apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de Fibra Alimentar equivalente a 1,10 g
  • Morango apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de Fibra Alimentar equivalentea 2,00 g
  • Melão apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de Fibra Alimentar equivalente a 0,80 g
  • Umbú apresenta em 100g de parte comestível da fruta a quantidade de Fibra Alimentar equivalente a 2,00 g

Os vários benefícios da pitanga

Reduzir dores de cabeça, dor na garganta, dores musculares e combate a aftas e gengivite, diarreia e outras doenças, está entre os vários benefícios da pitanga. Hoje apresento a vocês os benefícios de mais uma planta que pode ajudar você e a saúde da sua família. No Brasil muita gente gosta dessa planta, porque dá uma fruta muito saborosa e eu particularmente gosto muito dela, a pitanga.

A pitanga tem o nome científico de eugenia uniflora a apresentam as variedades de pitanga laranja (algumas ficam muito vermelha) e a variedade de pitanga preta.

Todas as variedades são usadas da mesma maneira, seja a amarela, vermelha ou preta, e tem a mesma utilidade.

Então, para que serve à pitanga? Além da gente consumir os frutos, que são muito saborosos e refrescantes, há vários benefícios da pitanga e várias utilidades medicinais também nesse fruto.

Um dos benefícios da pitanga é a sua ação antidiarreica, que assim como a goiaba, apresenta taninos nas folhas, que ajudam a conter a diarreia.

Além disso, ela é anti-bactericida e tem uma atividade muito interessante contra diversos tipos de bactérias que causam problemas gastrointestinais, mas também pode ser usada para lavar a boca em no caso de aftas e gengivite, ou mesmo para fazer gargarejo na garganta.

Tomar o chá dela também é interessante para combater outros tipos de bactérias. A pitanga é uma fruta reconhecida pelas sua altas taxas de vitaminas que ela possui em sua constituição e pode oferecer os benefícios da pitanga, mesmo que o chá não seja preparado com o fruto da pitangueira e sim, com as folhas da árvore.

O chá dessa fruta ou da folha da árvore é capaz de tratar diversos problemas de saúde que afetam o organismo devido a suas ações anti-inflamatória naturais, laxativa e calmante e sem contar com a presença de flavonoides, que atuam no fortalecimento das defesas corporais.

Assim, o chá de pitanga é indicado para sanar desde uma diarreia até doenças graves como doenças do fígado e as temidas cólicas menstruais. Controla também o diabetes, o colesterol e o reumatismo, além de poder ser usado no tratamento de asma, bronquite e dores de garganta.

Como provoca um efeito relaxante, pode ajudar as pessoas que querem emagrecer e perder medidas, pois diminuem a ansiedade e a compulsão por alimentos além de diminuir a retenção de líquidos.

Ser rica em vitamina A também é um dos benefícios da pitanga, e isso faz com que a bebida feita com as folhas da pitangueira combata o envelhecimento precoce das células e também alguns casos de câncer.

Segundo pesquisas recentes, as folhas da pitanga ainda tem uma atividade analgésica e antitérmica, onde algumas substâncias presentes nela podem baixar temperatura corporal e assim, ajudar inclusive no combate a insônia.

Outro dos vários benefícios da pitanga é a sua atuação como um analgesico leve, que atua reduzindo dores de cabeça, dor na garganta, dores musculares, entre outras.

Receita de chá da folha de pitanga

Para fazer o chá de pitanga, ponha 3 colheres da folha da pitangueira em um litro de água.

Quando a água estiver fervendo, desligue e deixe o chá abafado por cerca de 10 minutos. Depois, coe e beba em seguida.