Descubra como usar a cereja no combate à gota! Se você nunca ouviu falar na doença chamada “gota”, é porque nunca assistiu o seriado “Todo Mundo Odeia O Chris”! Brincadeiras à parte, nesse seriado, o pai de Chris sofre de gota, uma doença cujo nome correto é artrite gotosa aguda e é um tipo de artrite que acontece quando o ácido úrico se acumula no sangue e acaba causando inflamação nas articulações.

A gota também é conhecida como doença dos reis.

Há dois tipos diferentes de gota, a primeira é a “Gota aguda”, uma doença que normalmente afeta uma articulação e dói bastante e a segunda, que é a “gota crônica”, que consiste em um tipo de gota onde há episódios repetidos de dor e inflamação das articulações e pode envolver mais de uma articulação ao mesmo tempo.

A causa exata da gota é desconhecida, mas sabe-se que a gota é provocada pela alta quantidade e níveis mais altos do que o é considerado normal de ácido úrico na corrente sanguínea da pessoa.

Isso decorre de situações onde o corpo da pessoa começa a produzir ácido úrico em excesso ou tem dificuldade de eliminar o ácido úrico produzido pelo corpo, culminando em grandes doses desse ácido no sangue.

Uma vez em excesso, esse ácido úrico se acumula no líquido ao redor das articulações (chamado de líquido sinovial), forma cristais de ácido úrico, inchaço e inflamação nas articulações.

Deve-se ficar atento também aos fatores de risco:

  • Observar o histórico familiar, uma vez que a doença pode ser genética;
  • A predominância da gota em homens e mulheres após a menopausa;
  • Na alta ingestão de álcool; No uso de determinados medicamentos diuréticos; Nas pessoas com hipertensão, diabetes, colesterol alto e também altos níveis de gordura corporal;
  • E também nas pessoas com arteriosclerose.

Deve-se atentar também aos sintomas de gota que são quase sempre agudos, repentinamente, principalmente à noite e sem nenhum aviso.

Entre eles estão principalmente a dor intensa nas articulações dos tornozelos, joelhos, mãos, pés e pulsos.

Essa dor é mais forte nas primeiras 12 a 24 horas, causando desconforto nas articulações, que pode durar alguns dias ou semanas, além de inflamação e vermelhidão na região das articulações afetadas, com a presença de suor.

Os medicamentos mais usados para o tratamento de gota são: Alopurinol, Androcortil, Beserol, Betametasona, Butazona Cálcica, Bi Profenid, Cataflam, Celestone, Cetoprofeno, Colchis, Dexalgen, Diclofenaco Colestiramina, Diclofenaco sódico, Feldene, Fenaflan D, Flancox, Flotac, Ibupril 300mg, Ibupril 600mg, Infralax, Mioflex A, Naproxeno, Nimesulida, Prednisona e o Profenid.

Se você procura um medicamento mais natural, saiba que comer cereja tem mostrado bons resultados e, por isso, pode ser usado a cereja no combate gota!

Essa é a descoberta mais recente de um pesquisador da Universidade de Boston, que estudou a relação da ingestão da fruta com o aparecimento da doença e o uso da cereja no combate gota.

Na pesquisa de 633 pacientes com gota, observou-se uma queda de 35% no risco de ter uma crise. A explicação do uso da cereja no combate gota está nas antocianinas, substâncias encontradas em abundância na fruta e que têm efeito anti-inflamatório comprovado.

Aprenda 3 TREINOS Super Rápidos para Derreter Gordura em 4 Min!

Receba um Mini Curso Grátis com 3 Séries de Treino Super Intensas, Ideais para Queirmar Gordura Localizada. >>

Quase lá! Só falta acessar seu email e confirmar a inscrição. ;)