creatina-o-que-e-beneficios-e-muito-mais
Entre os diversos suplementos alimentares que existem hoje em dia um dos que é mais consumido por atletas de diversas modalidades é a Creatina, tanto fisiculturistas como atletas de modalidades como corrida, artes marciais, salto e muitas outras encontram na Creatina um importante aliado em seus treinos.

Mesmo sendo um suplemento alimentar amplamente utilizado a Creatina ainda é um suplemento pouco compreendido por muitos praticantes de atividades físicas, havendo até mesmo diversos mitos sobre este excelente suplemento alimentar.

Aqui poderá tirar suas principais dúvidas sobre a Creatina e determinar se é realmente um suplemento alimentar indicado para as suas práticas esportivas ou não, pois não é porque a Creatina é um ótimo suplemento que seja necessariamente um ótimo suplemento para qualquer pessoa.

O que é Creatina?

A Creatina é um aminoácido formado no próprio organismo, se forma a partir de outros 3 aminoácidos que são:

  • Arginina
  • Metionina
  • Glicina

Ao ingerir estes 3 aminoácidos estará proporcionando as condições necessárias para que seu corpo tenha como sintetizar a Creatina, que no corpo humano costuma ser sintetizada em média 2 gramas ao dia e armazenada em média de 120 gramas.

A grande questão para atletas de alto rendimento é que seus músculos necessitam de quantidades superiores a 2 gramas de Creatina ao dia devido a seus treinos que são realmente exaustivos, daí a necessidade de fazer suplementação com Creatina.

Alimentos com Creatina

Existem alimentos que possuem Creatina naturalmente, tais como carne vermelha e salmão, porém se torna inviável ter nestes alimentos sua fonte de Creatina para seus treinos visto que para ter a mesma quantidade de Creatina de uma pequena colher de chá de suplemento seria preciso quilos destas carnes.

Ingerindo tanta carne até teria Creatina suficiente para ter maior força e volume em seus músculos, assim como também teria uma maior proteção contra danos a seus músculos durante os treinos, porém estaria fazendo a digestão de toda esta carne e não poderia treinar.

Claro que inserir estas fontes naturais de Creatina em sua dieta diária é uma ótima ideia, mas é importante saber que mesmo comendo carne vermelha e salmão terá que fazer sua suplementação com Creatina caso pretenda ter um rendimento superior em sua musculatura.

Quais os Benefícios de Suplementar com Creatina?

Os benefícios da Creatina são diversos, entre eles vale destacar os benefícios pelos quais este suplemento alimentar passou a fazer tanto sucesso, que são aumento de força e volume muscular. Ao fazer suplementação com Creatina realmente terá um aumento considerável em sua força, o que levará a ter um melhor desempenho em seus treinos, sejam treinos de fisiculturismo ou mesmo qualquer outro tipo de esporte que necessite força e explosão muscular.

O que poucas pessoas sabem é que a Creatina também é utilizada para auxiliar no tratamento de pessoas com doenças que enfraquecem a musculatura, até mesmo para idosos que estejam apresentando perda de massa muscular algumas pesquisas já apontam a Creatina como uma boa solução quando aplicada com acompanhamento médico.

Até para casos mais extremos como Parkinson e fibromialgia a Creatina pode ser utilizada apresentando bons resultados! Vale lembrar que para casos especiais de saúde necessitam ser cuidadosamente acompanhados por um médico, mesmo a Creatina sendo um suplemento alimentar de venda livre deve ser utilizada respeitando certos critérios, principalmente em casos onde a saúde está fragilizada.

Mitos sobre a Creatina

Assim como qualquer outro suplemento alimentar que faz muito sucesso a Creatina se tornou alvo de diversos mitos que acabam nascendo nas academias, aqui vou falar sobre alguns destes mitos que de um modo geral apenas o levariam a desperdiçar Creatina.

Quanto mais Creatina tomar melhor! (MITO)

Isso não é verdade, o corpo humano possui certos níveis de tolerância e capacidade de aproveitamento de qualquer substância, inclusive da creatina, para Creatina indica-se tomar 0,1g de Creatina por kg de peso corporal, qualquer coisa além disso não será aproveitado por seu corpo.

É preciso fazer Saturação de Creatina (MITO)

Não existe necessidade de fazer saturação de Creatina pois o corpo a sintetiza naturalmente, apenas seria preciso fazer a saturação (passar alguns dias tomando doses maiores) caso seu corpo não tivesse nada de Creatina ou para atletas de fisiculturismo já profissionais que nunca fizeram suplementação com Creatina, nestes espera-se que os níveis estejam baixos mesmo.

Creatina precisa ser tomada com Suco de Uva (MITO)

Aqui ocorre um engano, não é que ela precisa ser tomada, mas sim que tomar a Creatina com suco de uva pode ajudar seu corpo a “carregar” a Creatina até seus músculos, isto acontece devido ao açúcar deste suco que faz com que os níveis de insulina do corpo aumentem, é justamente a insulina que faz o trabalho de “carregar” a Creatina para os músculos. Mesmo tendo este efeito positivo vale lembrar que Creatina com água mesmo também terá ótimos efeitos.