CAPA-Porque os testículos não são internos

Muitas pessoas tem essa dúvida e hoje vamos falar um pouco sobre a razão pela qual os testículos não são internos, como o seu órgão com mesma função nas mulheres, os ovários.

Em praticamente todos os mamíferos que existem no globo terrestre, o macho tem as estruturas produtoras de espermatozoides localizadas do lado de fora do corpo. Isso acontece principalmente por uma questão de controle de temperatura. Confira!

Qual a função dos testículos?

Os testículos são componentes do sistema reprodutor e do sistema endócrino, sendo a sua principal função semelhante a dos ovários nas mulheres, que é a produção de células que permitam a fecundação e no caso dos testículos, a produção de espermatozóides.

Além da produção de esperma, os testículos ainda tem a função de produzir os hormônios masculinos, inclusive a testosterona, que por sua vez é o hormônio que controla o desenvolvimento de algumas características do macho como o crescimento dos pêlos, engrossamento da voz, crescimento da barba, determina a largura dos ossos e o desenvolvimento muscular do indivíduo.


MIOLO-Porque os testículos não são internos

Por que os testículos não são internos?

Tudo pode ser resumido a manter uma temperatura ideal para a produção do esperma. Os espermatozoides somente são produzidos se a uma temperatura neles estiver de um á dois graus menores do que a temperatura interna do corpo, isso representa aproximadamente de 34°C a 35ºC.

Para atingir essa temperatura, que os testículos (que estão localizados dentro do saco escrotal, conhecido popularmente como “saco”) ficam do lado de fora do corpo e não dentro dele.

O corpo sempre está em busca desse equilíbrio de temperatura e por isso, quando os homens tem um quadro de febre muito alta ou está exposto a um calor muito grande, há uma queda consideravelmente na produção de espermatozoides.

Da mesma forma, quando o homem toma banho frio ou está exposto a um frio intenso, o saco escrotal tem a reação de se encolher e com isso leva os testículos para uma cavidade mais interna, protegendo os testículos e favorecendo o aquecimento dos mesmos.

Curiosidade!

Você sabia que após a puberdade, o tamanho dos testículos pode crescer até 500%, ou seja, ficar 5 vezes maior se comparado com o tamanho que eles tinham antes do período da puberdade? Isso mesmo!

Outro fato intrigante é que, é comum que um dos testículos esteja localizado um pouco abaixo se compararmos os dois, independente de ser o testículo esquerdo mais baixo ou o testículo direito mais baixo. Isto é devido a diferenças na estrutura que acontecem na anatômica dos vasos sanguíneos do lado esquerdo e do lado direito.