Texto escrito por:
Márcia A. Teixeira, nutricionista

A constipação intestinal ou prisão de ventre, é uma doença bem conhecida principalmente entre as mulheres. Existem muitos fatores que podem deixar o intestino preguiçoso, mas também existem várias dicas saudáveis que ajuda a aliviar o problema.

Dicas nutricionais

* Beba pelo menos 8 copos de água por dia, totalizando no mínimo 1,5 até 2 litros;
* Coma diariamente vegetais folhosos (alface, couve, acelga, repolho, agrião, rúcula, espinafre etc), legumes (quiabo, cenoura crua, beterraba, abóbora etc) e frutas laxantes (mamão, laranja, manga, banana prata ou nanica, abacaxi, mexerica, melancia, melão, pêra etc);
* Quando possível, prefira comer as frutas com casca ou bagaço;
* Evite sempre frutas que prendem o intestino, como banana maçã, goiaba, maçã sem casca, caju;
* Tome todos os dias pelo menos uma vez ao dia iogurte, coalhada ou leite fermentado;
* Consuma alimentos integrais como: pães, biscoitos, arroz, macarrão, aveia, granola, linhaça;
* Consuma ½ colher de farelo de trigo por dia, aumentando gradualmente , até atingir 2 colheres de sopa por dia em 2 semanas e acrescente aveia em flocos às vitaminas, mingaus e leite;
* Sempre que estiver ressecada siga a Receita de “coquetel laxante”: coloque cerca de 5 ameixas pretas num copo com água à noite. Pela manhã, tome esta água em jejum. No meio da manhã ou no lanche da tarde, bata as ameixas com um copo de suco de laranja e uma fatia grossa de mamão e beba;
* Lembre-se de mastigue bem os alimentos, no mínimo 10 vezes por alimentos;
* Vá ao banheiro quando sentir necessidade, se não, o intestino prenderá ainda mais, fazendo assim com que prejudique mais ainda o caso de constipação;
* Pratique sempre exercícios físicos regularmente.
* Evite sempre o uso de laxantes, pois o intestino acostuma-se a funcionar somente com o uso de medicamentos, ficando cada vez mais preso;
* Todas estas medidas devem ser tomadas diariamente para que o intestino se normalize, e volte a funcionar corretamente, te ajudando assim a perder peso e a se sentir melhor consigo mesma.

Texto escrito por:
Márcia A. Teixeira, nutricionista, especialista em Unidade de Alimentação e Nutrição pelo Centro Universitário do Triângulo, CRN 10642.