dieta das 8 horas
A Dieta das 8 Horas é uma dieta criada por David Zinczenko e Peter Moore, cuja principal característica é fazer todas as refeições do dia dentro de um período de 8 horas. Segundo os criadores, não há restrições de calorias ou grupos alimentares. A regra principal é basicamente fazer um jejum intermitente de 14 a 16 horas.

Mas qual o motivo que leva esse programa de dieta a ser eficaz? Segundo os criadores da dieta, através desse jejum prolongado, as mitocôndrias produzem menos radicais livres, que são moléculas responsáveis pelo envelhecimento do corpo e aumento dos riscos de inúmeras doenças crônicas, metabólicas e neurológicas.

Segundo os autores do livro, pesquisas recentes revelam que se alimentar em um período de 8 horas contribui para uma melhor gestão do açúcar no sangue, o que contribui sensivelmente para a redução de riscos de doenças como obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardíacas, doenças renais e Mal de Alzheimer.

Além disso, o jejum também permite que o metabolismo fique acelerado, ajudando a queimar muitas calorias e gordura corporal. Tudo isso é conseguido através de uma alimentação no decorrer de 8 horas por dia como sugere o David, o autor do best seller com as seguintes sugestões de horários: 9:00 ~ 17:00 ou 11:00 ~ 19:00.

Outro fator importante para o sucesso da dieta é manter uma alimentação equilibrada, dando ênfase a alimentos com grande valor nutricional. Para ajudar os seguidores da dieta a fazerem as escolhas alimentares corretas, Daniel Zinczenko selecionou 8 super alimentos, que segundo ele, devem estar presentes diariamente.


Os 8 Super Alimentos

* Vegetais: Rúcula, alface, agrião, espinafre e outros
* Proteínas: Peru, frango, ovos, peixe e carnes magras em geral
* Frutas cítricas: Laranja, tangerina, limão, maçã, entre outras
* Frutas vermelhas: Framboesas, uva, morango, cereja, etc
* Carboidratos complexos: Pães integrais e cereais (incluindo aveia)
* Oleaginosas: Nozes, castanhas, amêndoas e frutas secas
* Laticínios: Iogurte e outros produtos lácteos
* Leguminosas: Ervilha, grão de bico, feijão e lentilha

Por outro lado, evite o consumo em excesso de proteínas gordas, carboidratos refinados, refrigerantes e doces em geral. Também é importante reduzir o consumo de embutidos e alimentos industrializados, dando preferência aos alimentos frescos e saudáveis, sem esquecer também da prática de exercícios físicos regulares.

Seguindo essas dicas, com certeza você obterá resultados mais rápidos, embora os autores afirmem que não há necessidade de restringir nenhum tipo de alimento na dieta (ao contrário de uma dieta Atkins, por exemplo). Ou seja, mais importante do que o que você come, é quando você come! Limitar a alimentação somente dentro de 8 horas por dia é essencial nesta dieta.

Não esqueça de reservar no mínimo 8 minutos por dia para a prática de atividade física e beber pelo menos 8 copos de água ao longo do dia. Isso com certeza contribuirá para que o processo de queima de gordura seja mais eficiente.