Dois escoceses, o farmacêutico Mike McInnes e seu filho, especialista em nutrição, Stuart criaram uma dieta chamada The Hibernation Diet, que no no Brasil foi lançada como A dieta do Mel. Segundo seus criadores, a dieta além de ajudar a emagrecer, ajuda também a combater a insônia e refluxo gástrico.

O mel é rico em minerais, antioxidantes, aminoácidos essenciais e vitaminas do complexo B, que ajuda o fígado no processo do metabolismo das gorduras, ajudando na recuperação de suas funcionalidades e no controle do peso.

Segundo os criadores da dieta, o segredo do sucesso da dieta está em recuperar as funções do seu fígado e reduzir a produção do hormônio do estresse durante o sono, permitindo assim que ele possa queimar gordura de forma mais eficaz.

Com seu corpo recuperado, ele acabará trabalhando para você, ao invés de você trabalhar para ele e para isso acontecer, seu fígado deve estar bem nutrido. Aí é que entra o mel, o combustível perfeito para ajudar na recuperação do fígado e que ainda traz inúmeras vantagens para a saúde, como combater a insônia e tirar o cansaço.

Como funciona a Dieta do Mel?

Para fazer a dieta é muito simples: Basta ingerir 1 a 2 colheres de mel antes de dormir e seguir um cardápio de acordo com seu tipo metabólico. Dessa forma, você estará alimentando seu fígado e ainda comendo de acordo com seu metabolismo.

Os hormônios do estresse em níveis altos, degradam os músculos e os ossos e ainda atrapalha o metabolismo e a queima de gordura durante o sono. Quando você ingere mel antes de dormir, você garante que o seu fígado esteja bem alimentado e possa desempenhar bem o seu papel de reduzir os níveis do hormônio do estresse.

A dieta ainda não possui comprovação científica mas pelo menos sabemos que o mel faz bem para a saúde e mal não fará apenas por tentar. No livro, tem um questionário que você poderá responder para saber se você está apto a fazer essa dieta.

Veja algumas das perguntas:

* Você tem refluxo ácido durante a noite?
* Você tem uma garganta seca pela manhã?
* Você acorda regularmente durante a noite?
* Você acorda cansado?
* Você tem suores noturnos?
* Você sente náuseas de manhã?
* Você se levanta para ir ao banheiro durante a noite?
* Você se sente fraco no início da manhã?
* Você tem cãibras noturnas?

Se você responder afirmativamente duas ou mais perguntas, então provavelmente essa dieta poderá te beneficiar de alguma forma. Lembrando, que caso resolva fazer a dieta, os resultados serão melhores ainda se você praticar atividade física.

Isso porque perdemos mais gordura durante o sono, do que ao longo do dia, ou seja, por mais que você se exercite durante o dia, é a noite que queimará mais gordura. Portanto é essencial ter uma boa noite de sono, não se esquecendo de ter uma dieta de acordo com seu tipo metabólico.