veganismo
Para emagrecer as pessoas geralmente recorrem a dietas mais restritivas, após este período, que poderá variar de acordo com a dieta e peso a ser perdido, a pessoa busca por uma alimentação equilibrada (para não engordar novamente). Ao pesquisar um pouco sobre isso invariavelmente irá se deparar com as dietas vegetarianas, mas aí fica a questão: será que esta é realmente uma dieta mais saudável?

Aqui vou tentar mostrar alguns pontos interessantes sobre o veganismo de forma a esclarecer bastante esta questão, assim tornando possível que faça sua escolha sabendo exatamente quais são os pontos positivos e negativos deste tipo de dieta, pois assim como uma dieta carnívora o veganismo também possui seus pontos negativos.

Mas antes de qualquer coisa é preciso saber que existem diferentes tipos de vegetarianismo, desde os mais livres em sua alimentação até os mais radicais, como pode ver a seguir:

  • Semivegetarianismo: caracteriza-se por uma alimentação normal, porém há uma única restrição que é com relação a carne vermelha e suína.
  • Ovolactovegetarianismo: neste caso ovos e laticínios são permitidos, assim como também se alimentam de mel. A única restrição é com relação a qualquer tipo de carne.
  • Lactovegetarianismo: além de não consumir nenhum tipo de carne este tipo de vegetarianismo também não consome ovo, mas laticínios e mel estão liberados.
  • Ovovegetarianismo: não consome nenhum tipo de carne nem laticínios, porém consomem normalmente ovos e mel.
  • Vegetarianismo semiestrito: neste caso não se come nenhum tipo de carne, não come ovo e nem laticínios, o único alimento de origem animal permitido é o mel.
  • Vegetarianismo estrito: aqui é o mais radical de todos, nenhum alimento de origem animal é permitido, nem mesmo o mel é consumido.

Quais as Vantagens de uma Dieta Vegetariana?

Muitas pessoas relatam se sentir mais dispostas no dia a dia quando adotam uma dieta vegetariana, isto em grande parte pode ser atribuído a não estar consumindo gorduras de origem animal (geralmente prejudiciais à saúde).  Também devemos considerar que geralmente quem adota este tipo de dieta tende a se alimentar bem com uma boa variedade de frutas, verduras e legumes, o que também contribui para uma alimentação saudável.


Existem também algumas “explicações” de cunho esotérico com relação ao não consumo de carne, ou seja não estar se alimentando de um cadáver, sim, um cadáver, pois um belo bife de carne não é nada além de um animal morto. De qualquer forma também devemos considerar o impacto psicológico, pois não estará mais “matando” (ainda que indiretamente) para comer.

Também sabemos que as carnes (especialmente a vermelha e a de frango) chegam até nossas mesas extremamente envenenadas com uma infinidade de produtos químicos que vão desde corantes até produtos que induzem um crescimento mais rápido no animal, isto certamente afeta nossa saúde de forma considerável.

Outro ponto também frequentemente citado é que o consumo de carne (e do leite) ajuda a acidificar o sangue e fazer com que este tenha menos oxigênio, isto pode ser uma das possíveis causas da grande incidência de casos de câncer atualmente, alguns estudos estão apontando para a falta de oxigenação como um dos fatores que pode contribuir com o desenvolvimento deste tipo de célula cancerígena.

Quais os Riscos de uma Dieta Vegetariana?

Embora a dieta vegetariana a princípio possa parecer perfeita é preciso saber que existem sim alguns riscos, principalmente nutricionais. Vale lembrar que quanto mais radical for sua dieta menores são suas fontes de nutrientes, o que poderá fazer com que seu corpo fique sem alguns nutrientes essenciais, em especial a vitamina B12, cálcio e Ômega 3.

Mas não há problemas, caso realmente queira passar a adotar uma dieta vegetariana basta procurar um nutricionista e certamente conseguirá montar uma dieta equilibrada e completamente livre dos problemas associados ao consumo de carnes e laticínios.

Um outro ponto que deve ser observado é que o simples fato de adotar uma dieta vegetariana não fará com que emagreça, principalmente se ainda comer ovos e laticínios (o que abre as portas para guloseimas em geral). Para emagrecer é preciso fazer uma reeducação alimentar completa ou ser REALMENTE vegetariano, desta forma estará longe de guloseimas e fast food.

Qual sua opinião sobre este tipo de alimentação?