CAPA-Saiba porque o glúten esta ganhando fama de vilão  na alimentação

Fala-se muito sobre os benefícios de ter uma alimentação livre do glúten, mas você sabe o que é o glúten e onde ele é encontrado?

Nesse artigo, vamos falar tudo sobre essa proteína contida nos cereais que quando consumida em excesso causa dificuldades no emagrecimento e problemas de saúde.

O que é glúten?

O glúten é uma proteína encontrada nos quatro principais cereais da nossa alimentação o trigo, o centeio, a aveia e a cevada, incluindo o malte que é um subproduto da cevada.

O consumo em excesso do glúten provoca aumento da gordura na região do abdômen, dores articulares, alergias cutâneas e uma alergia grade conhecido como doença celíaca.


Quais alimentos contém glúten?

Todos os alimentos que tem em sua composição os principais cereais da nossa alimentação, o trigo, o centeio, a aveia e a cevada (incluindo o malte que é um subproduto da cevada) tem alguma quantidade de glúten e por isso alimentos como o pão de trigo, o bolo de trigo ou a cerveja, são inimigos de quem busca uma vida saudável.

O glúten se mostra ruim para nossa saúde, pois segundo médicos e especialistas, quando ele chega no intestino se transforma em uma espécie de “cola” e fica grudado nas paredes do intestino e com o tempo, provoca a saturação do aparelho digestivo, que pode geram dores articulares, alergias cutâneas e até mesmo depressão.

Além disso o glúten pode alterar o metabolismo do corpo, baixando a imunidade do organismo, retendo mais toxinas, alteração da flora intestinal, retenção de líquidos e aumento da gordura na região abdominal.

Além de dar mais trabalho para o organismo digerir o alimento, já que os alimentos em geral levam 18 horas da mastigação até a eliminação pelo reto, já os alimentos com o glúten levam 26 horas.

MIOLO-Saiba porque o glúten esta ganhando fama de vilão  na alimentação

Alternativas ao glúten

Já é comprovado cientificamente que praticar uma dieta sem glúten provoca o emagrecimento e a redução de gordura na área abdominal e por isso virou a nova moda nas academias.

Alguns alimentos que são alternativas a ingestão de glúten são produtos de mandioca, milho e arroz ao invés do trigo importado, como por exemplo, pães de aipim e de milho, macarrão de arroz e cookies de soja.

Intolerância ao glúten

Segundo os especialistas, a intolerância ao glúten é mais comum do que se imagina e pode ser dado “o sinal” ao se observar os sintomas como diarreia ou prisão de ventre, anemia, alterações na pele, doenças autoimunes, enxaqueca, osteopenia, rinite, sinusite, alterações na pele, doenças autoimunes, enxaqueca, sensação de inchaço, aumento da gordura abdominal ou emagrecimento excessivo, entre outros.