Recebi um emocionante relato de enorme superação e força de vontade. Essa guerreira se cham Hilda, com uma vida cheia de reversos e obstáculos encontrou determinação para lutar e mudar completamente. Dos 120 kgs de antes só restaram 60 kg. Metade do corpo, mas o dobro de disposição, determinação e amor próprio. Ela é o verdadeiro retrato da força de vontade.

Vida sofrida

Minha história não é tão diferente das de outras, nunca fui magrinha e do tipo cheinha embora filha de pais não obesos, talvez meu lado emocional me tenha feito ganhar tanto peso. Minha vida sempre foi rodeada de doenças, perdi meu pai aos 15 anos de câncer e minha mãe de infarto 10 anos depois.
Me vi sozinha neste mundão pois sou filha única.

Encontrei um grande companheiro com quem me casei, e logo em seguida engravidei do meu primeiro filho, que foi diagnosticado que era surdo e mudo, na verdade não era nada, ele ouvia falava tranquilamente. 4 anos depois tive meu segundo filho, pois tinha horror de ter filho único talvez tenha sido porque sempre fui muito só.

Meu segundo filho logo que nasceu tinha um problema sério de bronquite asmática ao qual quase o levou a morte, foi um longo tratamento e um gasto exorbitante de dinheiro que eu nem tinha. E com isso a história de minha obesidade foi crescendo pois eu me refugiava na comida como apoio.


Com toda essa história tudo se sucedeu bem, porém o que mais tirou meu chão foi quando meu primeiro filho aos 13 anos sofreu um assalto na escola e veio pra casa e de repente desmaiou no banheiro escovando os dentes e meu esposo que tinha ido a padaria chegou em casa, correu chamou um táxi e o levamos para o hospital e ele foi levado direto para UTI com 710 de glicose e viemos saber que ele tinha ficado diabético insulino dependente em consequência do trauma.
Abandonei minha profissão de advogada e tive que procurar um trabalho paliativo ao qual exerço até hoje, a de criação de cães de pequeno porte que foi, e é mais que uma terapia, pois eu os amo de verdade.

Mas nesse momento me dei conta da situação e passei a prestar um pouco mais de atenção em mim, eu estava pesando nada mais que 120 kg, para o meu desespero eu notei que já quase não podia andar de cansaço, estava toda inchada, minhas feições abrutalhadas, tinha que dormir quase que sentada devido a falta de ar e vestia roupas enormes tipo manequim 54 e as vezes 56, nossa!!!!!

Um dia meu esposo me deu uma cadeira de praia para eu tomar sol, sabe o que aconteceu? Eu mal cabia dentro dela e quando eu consegui sentar e quebrei ela todinha e ainda de quebra fiquei entalada, presa mesmo que meu esposo teve que me tirar de dentro do resto da cadeira. Que vergonha de mim mesmo!!!! Meu DEUS que horror, ia nas lojas comprar roupas só de eu por o pé na porta as pessoas já me descartavam dizendo que não tinha roupas para o meu tamanho e nisso tudo sempre estando na companhia de meu esposo que por benefício da natureza é magrinho assim como meu 2 filhos e a única jamantona da casa era EU…
Como eu não consegui ver isto tudo acontecer no meu dia a dia!!!!

Correndo atrás do tempo perdido


No final do ano passado (2009) tiramos umas fotos e quando me vi me assustei e foi aí que eu fiz uma promessa que iria lutar com todas as minhas forças para conseguir voltar ao meu peso no novo ano que estava iniciando.
Passou Janeiro, onde fiz 49 anos, passou carnaval e aí sim caiu a ficha, mudei a cor e domei os meu cabelos pois eram cacheados e dei início a Dieta rápida da sopa básica que fiz por 2 meses, eliminei uns 8 kg e comecei a fazer esteira diariamente.

Confesso que foi muito difícil pois 10 minutinhos de caminhadas lentas já eram demais. Aí foi quando conheci o Dieta & Beleza, dei uma investigada nas dietas e resolvi então fazer a Dieta do cetônico, porém confesso que não acreditava muito nos resultados.

O chá verde foi meu grande aliado e ainda é, toda noite antes de dormir tomo meu cházinho de gengibre com canela e um pouquinho de adoçante, faço shakes no meu café da manhã de creme de leite, algumas pedrinhas de gelo, clight de morango ou maracujá, água e 1 colher de farinha de linhaça dourada bato tudo no liquidificador, fica uma delícia!!!
Dá um sustento danado tomo um copão de 500ml toda manhã para me sentir bem e ficar de pé e ás vezes como 2 rolinhos de presunto e queijo como acompanhamento mas ás vezes nem consigo pois o shake puro satisfaz bastante.

Quando eu vi a coisa acontecendo fui me animando e comecei a ver os resultados. As roupas começaram a ficarem largas e dois meses depois comecei a comprar algumas roupinhas menores, quando cheguei + ou menos aos 85kg resolvi comprar um vestido jeans estilo japonês de manequim 48 e para minha tristeza ele não fechava ainda em mim e falei tudo bem posso usá-lo como sobretudo, não era o que eu queria mais fazer o quê né????

A 1 mês atrás resolvi arrumar meu guarda roupa e achei o tal vestido guardadinho lá e resolvi vesti-lo mas já com a imagem dele ainda não fechar em mim mas mesmo assim eu queria saber o quanto faltava para eu conseguir vestir, mas me assustei, ele está E-N-O-R-M-E, precisa agora até de apertar. Quanta felicidade!!!

Fora as aventuras que eu, meu esposo e meus filhos estamos vivendo do tipo:
“Bom, eu fiquei sabendo que o Sr. se separou de sua esposa, né??? Não vai apresentar esta senhora ao seu lado???”
A gente dava gargalhadas olhando um para o outro e lógico que eu esperava ele falar que era eu mesma que estava ali e quando as pessoas vinham a saber me pediam desculpas e perguntavam o que eu tinha feito, se eu estava doente e eu acabava rindo.


Meus filhos eram parados pelos amigos perguntando quem era aquela mulher que estava andando de mãos dadas com o pai pelas ruas e eles davam risadas. Está sendo muito prazeroso viver esta nova etapa da minha vida a única coisa que lastimo um pouco é de não ser mais aquela garotinha que tudo podia acho que demorei um pouco para acordar, mas de qualquer forma sempre a tempo para tudo.

Muita dedicação e malhação

Quando dava uma empacada no emagrecimento fazia a Dieta do leite por 8 dias e voltava para a Dieta do cetônico. Faço exercícios em casa, 1h de caminhada na esteira diária com passos acelerados desde o início, agora que eu relaxei um pouquinho mas quando vejo minhas fotos de como eu estava antes eu volto correndo para esteira, faço 2x por semana de jump que aprendi as aulas no you tube e meu esposo me deu um trampolim de presente.

Faço também spinning, com a ajuda de meus filhos Diego e Christian que sempre estiveram ao meu lado nessa luta, gravaram músicas eletrônicas no pen drive e coloco pra tocar e corro pra bicicleta e faço também 2 x por semana cerca de 20 min.

Com o meu sobrepeso desenvolvi problemas cardíacos e um aumento de pressão que só viva tomando remédios hoje só tomo 1 de pressão e mesmo assim 1 x por semana o que antes era 2 comprimidos diários.
Hoje me sinto bem melhor, mais disposta .

Cheguei onde estou mas continuo me vigiando pois sempre que dou uma relaxada aumento uns 2 ou 3 kilos e volto pra dieta correndo e mantenho a dieta proteica que basicamente se tornou um modo de eu me reeducar na minha alimentação.

Hoje estou pesando 60 kg, tenho vontade de fazer plástica, ainda mais porque perdi muito peso e fiquei um pouco flácida e com um pouco de sobra de pele, mas vou te confessar que sou medrosa, então apelo para o creme de massagem com colágeno quando faço as Automassagens do blog, que faço desde o início do meu emagrecimento e tomo cápsulas de colágeno manipulada.

Recado a todos

Realmente admito que não é fácil encarar esta batalha de emagrecimento, tem que ter muita vontade e querer de verdade, focar neste objetivo, ter mais que determinação e acima de tudo ter apoio que foi o alvo mais importante da minha história.
Acreditar em si mesmo, tudo é possível, é sacrificante…mas tudo com força de vontade se torna REAL!!!
Agradeço em particular a você Suzi, ao seu blog, aos companheiros e claro, obrigado família querida que sempre esteve ao meu lado. E a quem está na batalha assim como eu e acreditem pois tudo é possível!!!
Saibam que sempre estarei aqui para ajudar a todos nas dicas para o sucesso e agradecendo sempre a você Suzi e ao seu blog e a todos que precisarem pois todos vocês são abençoados por DEUS!!!
Relato escrito pela própria Hilda, isso é mais do uma comprovação que quando se quer, por mais momentos difíceis que se tenha podemos nos sobressaltar e seguir sempre em frente.