CAPA-Óleo de coco é bom para cozinharSaber qual o tipo de óleo mais recomendado para quem busca ter uma melhor qualidade de vida através da ingestão de alimentos menos calorias é algo que gera muita dúvida em várias pessoas.

No mercado temos disponíveis vários tipos de óleos, como o de girassol, o de soja, o de canola e mais recentemente o óleo de coco, que tem ganhado espaço na mídia como uma alternativa saudável à esses outros óleos. Mas saiba que esse óleo de coco é visto pelos nutricionistas como uma alternativa ruim para quem quer emagrecer.

O óleo de coco não é 100% ruim, pelo contrário, ele traz muitos benefícios que estão ligados ao melhor desempenho do nosso organismo.

Ele contribui para a melhora do sistema imune graças às suas propriedades antibacterianas e antifúngicas, sendo interessante o seu consumo para quem está em tratamento de alguma infecção bacteriana ou infecções de pele, neste caso sendo aplicado no local.


O óleo de coco também atua na prevenção da perda de proteína durante a lavagem do cabelo, ou seja, previne a queda e melhora o aspecto do cabelo, neste caso sua aplicação em nosso feita também via tópica.

Mesmo apresentando todos esses benefícios, o óleo de coco tem uma grande quantidade de gordura saturada que pode ser vista apenas observando o seu aspecto mais consistente e branco, indicando que ele é rico nesse tipo de gordura.

Como sabemos, alimentos ricos em gorduras saturadas são os vilões para quem quer perder peso ou mesmo manter uma vida mais saudável e sem riscos de problemas cardíacos, desta forma, este é um alimento que deve ser evitado.

MIOLO-Óleo de coco é bom para cozinhar

O óleo de coco foi pauta recentemente do programa Bem Estar, que passa na Rede Globo de Televisão, onde também afirmou-se que o uso desse óleo na preparação de alimentos aumenta a quantidade de calorias do alimento e “engorda” a refeição.

Nutricionistas convidados do programa disseram que o óleo em questão além de ter um preço bastante elevado, custando um frasco com 500 gramas uma média de 40R$ a 50R$, também haje de forma contraria ao emagrecimento.

Isso acontece por que o coco é o segundo alimento mais calórico, aparecendo depois apenas dos produtos em condição de óleos.

Saiba mais sobre os benefícios do óleo de coco que estão ligados ao melhor desempenho do nosso organismo e a sua atuação como o vilão para quem quer emagrecer, tirando suas dúvidas e esclarecendo de vez se o uso do óleo de coco é pertinente para você, assistindo ao vídeo no link