whey

Com o intuito de atingir o corpo ideal, muitas pessoas lotam as academias por todo o mundo. Grande parte desse pessoal entra na academia querendo ver resultados imediatos e acaba procurando formas rápidas de maximizar os ganhos de massa muscular e a perda de gordura.

É ai que entra a suplementação alimentar, usada com o objetivo de fornecer nutrientes de forma mais concentrada ao corpo, para que ele fique mais forte com mais agilidade.

Um dos suplementos alimentares mais conhecido — e consumido — no mundo é o whey protein, e por conta dessa fama surgiram vários mitos sobre o seu uso. Para esclarecer algumas crendices sobre o whey protein, produzimos este artigo que irá deixar você ciente da real função desse suplemento.

whey1

Para começarmos a falar dos 5 mitos sobre o whey protein, precisamos compreender que os hiperprotéicos (categoria do whey protein) são suplementos com grande quantidade de proteínas — derivadas do leite, da soja ou do ovo —, e a sua principal função é reparar as fibras musculares, possibilitando seu maior desenvolvimento. Ah, só para constar: o whey protein pode ser usado por praticantes de atividade física de qualquer nível.


O whey protein é um hiperprotéicos/hipercalóricos e, ao contrário do que muitos pensam, sua proteína é derivada apenas do soro do leite. Mas como o whey protein costuma carregar grandes quantidades de calorias, deve-se ter cuidado na sua ingestão, pois se consumido em excesso, pode acabar engordando.

Agora vamos para os 5 mitos sobre whey protein que você deve conhecer antes de usa-lo:

1# Existem vários tipos de whey protein! É comum ver as pessoas falando sobre esse suplemento sem dividi-lo por categorias, mas é importante saber que existe um tipo de whey protein para cada objetivo e necessidade corporal.

2# Não substitua uma refeição pelo whey protein! O whey protein deve servir apenas como uma suplementação alimentar (para suprir falta de proteínas) e jamais deve substituir uma refeição.

3# Nem todos podem começar a tomar o whey protein. Somente os praticantes de atividade física e que não apresentem problemas renais e/ou de fígado podem ingerir o suplemento.

4# O whey protein também pode ser consumido antes dos treinos. É comum ouvir que ele só pode ser ingerido pós-treino, mas isso é uma falácia. O que acontece, de fato, é que os receptores musculares estão mais suscetíveis a receber esse tipo de nutriente após o treino.

5# Consumir whey protein sem uma orientação médica pode ser perigoso, pois sua quantidade de proteínas faz o fígado trabalhar mais e isso pode te deixar doente. Procure um médico.