CAPA-Os perigos invisíveis nas embalagens dos produtos  industrializadosOs produtos industrializados são ótimas opções, quanto a sua durabilidade e menor risco de deterioramento do produto, de alimentos e bebidas para quem está fora de casa e em ambientes que não tenham tanto suporte para o bom acondicionamento de alimentos, como a praia e clubes.

Mas se engana quem acha que essas embalagens dos produtos industrializados não possam atuar como agentes de contaminação, caso a pessoa não tenha o mínimo de cuidado com essas embalagens.

Como já diz o ditado popular, “Cuidado nunca é demais” e é pela falta de cuidados básicos que as embalagens dos produtos industrializados podem carregar perigos invisíveis para a nossa saúde como vírus e bactérias.

As embalagens dos produtos industrializados que mais atuam como agente de contaminação são as embalagens de bebidas, como os refrigerantes, cervejas, chás, entre outros. É bastante comum ver pessoas (ou você mesmo) bebendo diretamente na embalagem, sem uma prévia desinfecção da lata/vidro ou, até mesmo, apenas da parte que entrará em contato direto com a boca.


Esse ato deixa a “porta aberta” para os vírus e bactérias entrarem rapidamente no seu organismo. Pois, durante o trajeto dessa lata desde a fábrica até chegar na sua boca, pessoas podem ter espirrado perto delas, ter pego em dinheiro e depois manuseado a lata, enfim… são várias as situações que essa lata/vidro pode ter passado e que resultam em uma lata/vidro cheio de vírus e bactérias que, se não for lavada com água e sabão antes do consumo ou servida em um copo limpo, pode levar a contaminação ao seu organismo.

MIOLO-Os perigos invisíveis nas embalagens dos produtos  industrializados

Além das embalagens dos produtos industrializados para bebidas, as embalagens de salgadinhos, bolachas, pão, entre outros, também podem atuar como agente de contaminação. Nesse caso, não é necessário a lavagem da embalagem, mas deve-se ter cuidado com a lavagem das mãos. Já que, as pessoas podem ter contaminado suas mãos com outros alimentos, bebidas ou ambiente e acabar contaminando aquele salgadinho ou bolacha ao manuseá-la.

O consumo de alimentos contaminados pode provocar a intoxicação alimentar, uma doença causada pela ingestão de alimentos contaminados por certos tipos de bactérias, parasitas e/ou vírus e que normalmente, estão associados a produtos de origem animal como carne de boi, frango, peixe e ovos, que são consumidos crus, mas que podem está presente em outros tipos de alimentos e embalagens dos produtos industrializados.

Apesar desses riscos de contaminação, as embalagens dos produtos industrializados apresentam menos probabilidade de servir como agente de contaminação do que queijos, maionese, sanduíches e outros alimentos de origem animal, e por isso devem ser considerado como opções para o consumo em em locais como praias e piscinas.

Há o fator calórico, que por vezes, são maiores nesses alimentos industrializados do que em alimentos naturais. Mas considerando a menor probabilidade de contaminação, os  alimentos industrializados são ótimas pedidas e podem ser encontrados em versão light e diet.