CAPA-Quais os melhores e os piores alimentos para comer na praiaChegou o verão! E com ele as festas de fim de ano. Nessa época, é comum muitas pessoas viajarem para o litoral ou mesmo passar mais tempo em locais com piscinas, como os clubes, em busca de um momento agradável e quem sabe, para “pegar aquela cor”.

Mas o que comer nesses ambientes onde a temperatura elevada ajuda a deteriorar mais rápido os alimentos e pode provocar contaminações sérias em quem as consome?! Acompanhe esse artigo e saiba quais os melhores e os piores alimentos para comer na praia.

Quando você for para esses locais, o ideal é que você leve alimentos feitos na sua casa, pois dessa forma é possível ter maior certeza de que não haverá contaminação do alimentos.

Escolha alimentos leves como a barra de cereais, o biscoito, as frutas ou mesmo o sanduíche natural, lembrando sempre de armazená-los de forma adequada para evitar a contaminação.


Mas se não for possível levar de casa, procure comprar os alimentos de barracas/quiosques que ofereçam uma boa estrutura e limpeza, assim garantindo maiores chances de consumir um produto de qualidade e que tenha sido armazenado com os requisitos mínimos para sua conservação, evitando riscos à sua saúde.

O consumo de alimentos contaminados pode provocar a intoxicação alimentar, uma doença causada pela ingestão de alimentos contaminados por certos tipos de bactérias, parasitas e/ou vírus e que normalmente, estão associados a produtos de origem animal como carne de boi, frango, peixe e ovos, que são consumidos crus, mas que podem está presente em outros tipos de alimentos e embalagens dos produtos industrializados.

Então, vamos aos melhores e os piores alimentos para comer na praia.

MIOLO-Quais os melhores e os piores alimentos para comer na praia

O que evitar

# O sanduíche natural é uma opção saudável, mas não é o mais indicado. Esses alimentos podem ter ingredientes como carne, frango, e principalmente os condimentos como maionese e mostarda, que podem estragar com muita facilidade e servir como um agente de contaminação. Por isso, se você for comprar ou levar de casa sanduíches naturais, veja se ele está bem armazenado e caso contrário, não o consuma.

# O hábito de comer queijo coalho assado na brasa é bastante comum nas praias da Bahia e também são alimentos para comer na praia que podem ser facilmente estragados e virar fonte de contaminação. Isso por que, os queijos não podem ficar muito tempo sem refrigeração, já que isso aumenta as chances de contaminação.

O que consumir

# Os biscoitos de polvilho são bons alimentos para comer na praia e podem ser uma opção saudável, já que eles são leves e não apresentam uma condição que os faça estragar rápido. São bastante comuns nas praias do estado do Rio de Janeiro, onde são conhecidos como biscoito Globo.

# Picolés de fruta também são indicados, são pouco calóricos e estão armazenados em temperatura adequada.

# A água de coco é um ótimo alimento para comer na praia, pois é natural e pode ser aberto na hora do consumo.