CAPA-Qual a importância do endométrio para uma gravidez  saudávelA relação entre endométrio e uma gravidez saudável é extremamente importante e um endométrio saudável já é um excelente indicativo de gravidez sem problemas.

A membrana mucosa que cobre a parede do útero, damos o nome de endométrio.

Esse endométrio é  uma região bastante irrigada por vasos, ficando mais ou menos vascularizada de acordo com estímulos enviados pelos hormônios ovarianos, estrogênio  e progesterona, que são produzidos respectivamente pelos folículos e pelo corpo lúteo.

Ter um endométrio saudável é essencial para as mulheres que querem engravidar, já que essa membrana permite a fixação do embrião na parede do útero, processo chamado de nidação e assim possibilita o prosseguimento da gestação. Por isso, mulheres com problemas no endométrio costumam apresentar a infertilidade como sintoma.


Ainda associado a gravidez, o endométrio participa da formação da placenta, anexo fetal que possibilita o suprimento de nutrientes, oxigênio, anticorpos, eliminação de produtos tóxicos para o feto ao longo de toda a gestação e é formado ainda durante as primeiras semanas de gravidez.

Em aves e répteis por exemplo, essa estrutura de placenta não existe, já que essa é uma característica evolutiva inerente aos mamíferos (éguas, vacas, cães, gatos,  humanos, entre outros mamíferos.

Nas aves e repteis existem outros anexos fetais que suprem a carência de nutrientes e excreção do embrião, como o alantoide e o saco vitelínico e por isso não há ligação do endométrio ao embrião.

MIOLO-Qual a importância do endométrio para uma gravidez  saudável

Fatores que previnem complicações no endométrio e uma gravidez saudável pode acontecer:

1 – Cuidar da dieta

A alimentação sem cuidados com muita ingestão de alimentos ricos em gorduras animal e saturada como a carne, a manteiga, o leite integral e seus derivados (queijos, creme de leite e natas), banha de porco, linguiça, salame, presunto e em especial alimentos com muito sal e frituras em geral, têm maior possibilidade de desenvolver problemas no endométrio como o câncer de endométrio.

Então, manter-se dentro do seu peso considerado ideal e controlar os itens de sua dieta são as ações mais indicadas.

2 – Fazer terapia hormonal

Como esse endométrio tem sua vascularização controlada de acordo com estímulos enviados pelos hormônios ovarianos, estrogênio e progesterona e o excesso ou falta dele pode provocar anomalias no endométrio, as mulheres que fazem uso de terapia de reposição hormonal para controle de sintomas da menopausa ou mesmo que usam a medicação Tamoxifen.

3 – Uso de anticoncepcional

Também partindo do pressuposto de que as funções do endométrio são controladas de acordo com estímulos enviados pelos hormônios ovarianos, estrogênio e progesterona, o uso de pílulas anticoncepcionais faz com que a mulher seja menos exposta a altos níveis de estrogênio, com isso reduzindo o risco de desenvolver doenças no endométrio e ainda ajuda a diminuir as chances de desenvolver câncer do útero.