acabar com as estrias
Se tem algo que incomoda a grande maioria das mulheres são as estrias. Infelizmente não existem muitas dicas caseiras, para casos mais intensos como as estrias brancas. Mas existem tratamentos com profissionais que podem amenizar, veja qual é o seu caso e procure seu médico.

Cada caso é um caso

Estrias é algo que se evita, pois uma vez que elas aparecem, acabar com elas é muito complicado. Para se evitar, todos sabem, malhar bastante, manter uma alimentação controlada, hidratação constante da pele e evitar ao máximo a variação de peso.
Existem casos mais complicados, como por exemplo estrias de crescimento, por isso o uso de hidratantes e boa alimentação, conciliados com exercícios é essencial.
Mas encontrados alguns tratamentos que podem ajudar, mas é preciso ter sempre em mente que somente um bom profissional, um dermatologista, pode executar esses tratamentos e os resultados pode variar de pessoa para pessoa.

Tratamento para estrias brancas, superficiais e estreitas

Radiofrequência

O tratamento promete, redução de cerca de 60% das estrias, depois de no mínimo 4 sessões.


Quantidade de sessões:
de 8 a 16 sessões, com intervalos de 3 semanas.

Procedimento:
É usado um equipamento médico para atingir e aquecer a camada mais profunda da pele, o que contrai e aumenta as fibras de colágeno, reorganiza os tecidos de sustentação e aproxima as bordas das estrias. O tratamento é praticamente indolor, somente no momento das sessões acontece algum desconforto. Não necessita parar de malhar , mas deve-se evitar o sol por pelo menos 1 semana.

Laser fracionado

O tratamento promete, diminuição de 30% já ma primeira sessão e 80% ao término do tratamento.

Quantidade de sessões:
Entre 4 a 5 sessões, com intervalos de 1 mês.

Procedimento:
As estrias são bombardeadas com feixes de laser, o que provoca o aumento de produção de colágeno e elastina, sem afetar a maior parte das células, o que pode acelerar a cicatrização. devido ao calor do laser, existe o desconforto momentâneo, e a área afetada pode ficar dolorida por alguns dias. O sol deve ser evitado de acordo com a indicação do médico.

Peeling de cobre + Intradermoterapia

O tratamento promete, diminuição de cerca de 70% a 80% das estrias, após 5 sessões.


Quantidade de sessões:
Mínimo de 15 sessões com intervalo de 1 semana

Procedimento:
A produção de colágeno e elastina é provocado pelas microesfoliações decorrente do peeling. A reação do cobre com uma enzima da pele, estimula a produção de melanina, o que faz a estria voltar à cor natural. Depois disso é aplicado um mix de substâncias que reconstitui e devolve a elasticidade, firmeza e hidratação da pele.

Carboxiterapia

O tratamento promete, diminuição de 50% das estrias, mas é necessário o mínimo de 2 meses, para se perceber os resultados.

Quantidade de sessões:
No mínimo 12 sessões 1 por semana. depois disso dar um intervalo de pelo menos 1 mês.

Procedimento:
um aparelho próprio aplica o gás carbônico no tecido subcutâneo, o que dilata os vasos sanguíneos e estimula a produção de colágeno, enchendo as as fibras da pele de dentro para fora. Causa uma dor momentânea e alguns hematomas por 3 a 5 dias. Deve-se evitar o sol por pelo menso 1 semana.
Muitas clínicas estéticas promovem o tratamento, mas o ideal é ir ao dermatologista.

Tratamento para estrias brancas, largas e profundas

Laser fracionado + subcisão

O tratamento promete, diminuir a largura e profundidade das estrias. Os primeiros resultados aparecem entre 30 a 60 dias, dependendo do tempo da regeneração do colágeno.

Quantidade de sessões
3 a 5 sessões de laser a cada 5 dias e 1 a 2 subcisção, com intervalo de 60 dias.

Procedimento:
São necessárias no mínimo 3 sessões a laser, para fazer microperfurações na pele, reagindo diretamente nas fibras de sustentação, o que melhora a textura e a alisa a pele.
Quando já não houver hematomas(cerca de 15 dias) são feitas as subcisões, feita com agulhas de pontas cortantes, para descolar a derme profunda. Isso causa a estimulação da formação de colágeno, o que recupera a parte da derme afetada pela estria.
É um tratamento que pode deixar o local inchado por 24 horas e dolorido e com hematomas por 1 semana. Podendo malhar apenas depois de 3 dias e fica proibido exposição ao sol por 1 ou dois meses.

Atenção!!!

Todo e qualquer procedimento, referente a esses tratamentos, devem antes serem consultados diretamente com um dermatologista. Nem sempre o que deu certo para outras pessoas, vai dar certo para conosco.