O mel, dentre todos os seus benefícios, também  é muito utilizado para emagrecer. Suas ricas propriedades, ajudam no metabolismo das gorduras e sem retirar nenhum nutriente do nosso organismo, ao contrário do açúcar, que para ser metabolizado, retira nutrientes importantes, causando redução deles no nosso corpo.

Grandes benefícios

Usar o mel para adoçar suas bebidas, especialmente os chás, é uma escolha inteligente, pois esse Super alimento, conta com mais de 22 aminoácidos, sendo que 8 deles são essenciais para nossa saúde.

Saúde e vida longa
Devido aos seus benefícios de cura e seus minerais e vitaminas, o mel quando consumido diariamente, promove boa saúde e longevidade.

Controla a glicemia no sangue
O mel ajuda a melhorar o controle de açúcar no sangue, além de melhorar sensivelmente a sensibilidade à insulina em comparação aos outros adoçantes. O mel possui frutose, que por sua vez, ajuda o fígado no processo de metabolismo, especialmente quando dormimos.

Protege a flora intestinal
O mel possui bactérias do bem, os lactobacilos e bifidobactérias, que protegem a flora intestinal e inibe o crescimento de bactérias maléficas como Staphylococcus aureus e Candida albicans, entre outras.

Fortalece o sistema imunológico
Devido aos seus ricos antioxidantes, o mel atua no sistema imunológico, fortalecendo e protegendo nosso corpo dos radicais livres e contra doenças como gripes, tosse, bronquite e resfriados, devido aos seus poderes antibacterianos, antivirais e expectorantes.

Bom para a pele e o cabelo
O mel também é um ótimo aliado para a beleza devido ao seu poder desinfetante e antioxidante, capaz de limpar, nutrir, hidratar e reparar os cabelos e a pele.

Um ótimo aliado na dieta
O mel não possui gordura, colesterol e ainda adoça 2 vezes mais que o açúcar, com a vantagem de ter menos calorias: Enquanto 1 colher de sopa de açúcar tem em média 40 calorias, a mesma medida de mel, equivale a 25 calorias.

Tipos de Mel e conservação

Podemos encontrar diversas qualidades de mel, de várias cores, que podem ir do branco ao preto, podendo ser monoflorais (de apenas um néctar) ou pluriflorais (de vários néctares). Todos tem suas propriedades medicinais, embora os especialistas acreditem que os pluriflorais possam ser mais ricos em enzimas e minerais devido à variedade de néctares.

Na hora de comprar o mel, esteja atento ao selo de garantia SIF, (Serviço de Inspeção Federal do Ministério da Agricultura). É este selo que provará se o mel é de qualidade e se foi feito dentro dos regulamentos da vigilância sanitária.

O mel é um alimento bastante resistente e se bem cuidado pode ser consumido em até 3 anos após ser fabricado. Procure guardá-lo em recipiente hermético bem fechado para que não entre umidade e em lugar arejado com temperatura fresca. Esses são fatores cruciais para ter um mel de qualidade por mais tempo.

Caso o mel cristalize, não se preocupe, pois isso indica que o mel é puro. Pode ser consumido mesmo cristalizado sem receio, mas se preferir, coloque-o em banho maria em água morna para que ele retorne à sua textura cremosa. Importante: Quando o mel é submetido a uma temperatura alta, pode perder parte do seu valor nutricional.

Contraindicações do mel

Apesar do mel trazer inúmeros benefícios para a saúde, ele deve ser evitado por mulheres grávidas ou que estão amamentando e por diabéticos, devido ao seu alto teor de açúcares. Crianças até 1 ano de idade também não devem consumir o mel, já que podem contrair intoxicação alimentar (botulismo) devido à bactéria Clostridium botulinum, causa de morte de inúmeras crianças no mundo inteiro.

Receitinhas caeiras

Ajuda na digestão, pois mesmo contendo açúcares, ele é de fácil digestão e ajuda a aliviar aquela sensação de estômago pesado. Além de ajudar a dissolver a gordura, o mel também ajuda a dissolver o colesterol, protegendo as artérias e impedindo o entupimento das mesmas.

O mel, com todas as suas qualidades pode ser um aliado contra a obesidade. Não é à toa que existem tantas receitas para perder peso, que conta com esse alimento fabuloso. Alguns até são até conhecidos até por nossas avós. Veja algumas delas:

Mel + água morna
Tomar em jejum, 30 minutos antes do café da manhã, essa combinação pode ajudar a queimar gordura mais rápido. A receita é muito simples: Em 1 copo de água morna, adicione 1 colher de sopa de mel.

Mel + limão
Essa combinação, além de ser muito bom para gripes e resfriados, ajuda também a combater a celulite. Os dois ajudam a acelerar o metabolismo, especialmente quando tomado de manhã em jejum. Pra fazer é muito fácil, basta preparar um suco de limão (limonada) e acrescentar uma colher de mel.

Mel + gengibre
Essa outra combinação, além de ajudar no tratamento de resfriados, tosse, dor de garganta, bronquites e corrimento nasal, ainda tem um efeito termogênico que faz com que o corpo queime calorias e aumente o metabolismo, ajudando também na digestão. Receita: Misture 1 colher de chá de gengibre com 1 colher de sopa de mel.

Mel + canela
Essa combinação também é conhecida por acelerar o metabolismo, especialmente quando tomada em jejum pela manhã. Para fazer basta dissolver em 1 xícara de água fervente, 1 colher de canela em pó, misturar bem e tomar morno.

Essas receitinhas são muito populares e talvez você até já conheça, mas só o fato de você usar mais esse adoçante natural que a Mãe Natureza nos deu, já é um ponto a favor para a sua saúde, pois o mel é de longe uma opção bem melhor que o açúcar branco refinado.

Não deixe de usufruir os benefícios que esse alimento sagrado é capaz de proporcionar à sua saúde, lembrando é claro de sempre comprar um mel de qualidade com selo da SIF (Serviço de Inspeção Federal do Ministério da Agricultura) .