Quando estamos fazendo dieta geralmente nosso maior cuidado é com relação a quantidade de calorias que estamos consumindo, o que tem seu fundo de verdade afinal com muitas calorias na dieta realmente ficará difícil emagrecer. Mas talvez já tenha reparado que durante o verão a alimentação naturalmente tende a ser menos calórica, o que ajuda na dieta, mas ainda assim não é tão fácil emagrecer e entenderá a seguir porque isso acontece.

Durante as estações mais quentes do ano realmente acabamos comendo menos as comidas excessivamente calóricas, mas por outro lado a tendência é ter um aumento considerável no consumo de frutas, sucos, etc., que embora tenham poucas calorias tem o potencial para atrapalhar a dieta devido ao alto teor de açúcares que contém.

Maiores quantidades de açúcares como a frutose fazem com que o corpo tenha picos de insulina, que por sua vez se encarrega de levar gordura dos alimentos para as células que formam gordura localizada, ou seja por um lado você se esforçando para emagrecer e por outro terá a insulina reconstruindo a gordura localizada (nesta “briga” geralmente a insulina ganha com facilidade).

A solução para isso se baseia em alguns passos bastante simples de fazer e que não estarão alterando radicalmente sua alimentação, portanto não tem nenhum risco para sua saúde. Seguindo estes passos simples certamente passará a ver resultados muito melhores em sua dieta para o verão.


3 Passos Simples para Vencer a insulina e Emagrecer!

Estes passos não são relacionados com fazer uma dieta para emagrecer nem mesmo com a prática regular de exercícios, mas vale lembrar que ambos os fatores irão contribuir muito para seu emagrecimento. Estas dicas são pequenos “truques” que deverá adotar em seu dia a dia para que elimine os efeitos negativos da insulina em sua dieta.

Consuma Menos Açúcares por Porção: mesmo que a quantidade total de açúcares diários esteja boa deve observar se não está ingerindo isso em uma quantidade pequena de doses, assim fazendo com que seu corpo tenha que produzir maiores quantidade de insulina de uma só vez. Fracione seus açúcares ao longo do dia, com isso estará contribuindo para níveis mais estáveis de insulina.

Consuma Fibras Juntamente com Açúcares: as fibras (como aveia) fazem com que a digestão seja mais lenta, sendo assim os açúcares dos alimentos vão sendo liberados no organismo de uma forma mais gradual. Também vale lembrar que uma alimentação rica em fibras ajuda a emagrecer porque as fibras aumentam a sensação de saciedade, consequentemente será mais fácil comer menos.

Evite Consumir Gorduras Juntamente com Açúcares: sabendo que o aumento de glicose no sangue faz com que o corpo produza mais insulina e que esta por sua vez “carrega” gordura livre do sangue para células de gordura uma estratégia que também ajudará é evitar consumir gordura juntamente com açúcares, desta forma terá menos gordura disponível no sangue para ser “carregada” pela insulina.

Mas Então Devo Evitar a Insulina para Emagrecer?

Definitivamente não, a insulina exerce diversos papéis importantes para a manutenção de sua saúde, porém é importante que evite a todo custo os picos de insulina, assim como diversos outros hormônios o mais saudável é manter isso em níveis estáveis, assim metabolizando os açúcares da forma correta sem que para isso tenha que engordar.

A prática de atividade física também contribui para manter seus hormônios estáveis, principalmente a insulina porque ao praticar exercícios para emagrecer naturalmente estará deixando seu metabolismo acelerado. É todo um ciclo que passa a colaborar com seu emagrecimento, não é apenas uma dieta ou exercício que fará você emagrecer mas sim um conjunto de atitudes saudáveis que acabam culminando em um corpo saudável e consequentemente no peso ideal.

Uma vez que se chegue ao peso ideal sem dietas radicais se manter neste peso será muito mais fácil porque seu metabolismo estará contribuindo de forma positiva, por isso é tão importante apostar na reeducação alimentar.